#microepequenasempresas Tag

VANTAGENS DO SIMPLES NACIONAL PARA PEQUENOS NEGOCIOS

VANTAGENS DO SIMPLES NACIONAL PARA PEQUENOS NEGÓCIOS   [embed]https://youtu.be/Gvmn8s5d6Ik[/embed]   O Simples Nacional é um modelo considerado pelo Fisco como simplificado, de arrecadação de impostos e contribuições. Através dele, micros e pequenas empresas com faturamento anual até 4.800.000,00 podem se beneficiar de algumas simplificações e reduções de burocracias a que estão...

REGIME DE APURAÇÃO DE IMPOSTOS E CONTRIBUIÇÕES
REGIME DE APURAÇÃO DE IMPOSTOS E CONTRIBUIÇÕES  https://youtu.be/Ichj0U9RRVk   Escolher ser MEI sem estudar as possibilidades existentes, não é a forma mais inteligente de decidir. Escolher o Simples Nacional, sem avaliar os demais cenários e, principalmente, quais os impactos reais no negocio sob todos os aspectos, pode ate se economizar tempo de decisão, mas junto economiza-se possibilidades que poderiam trazer melhores resultados. Enquadrar-se no Lucro Presumido, não quer dizer pagar impostos sem apresentar resultados e escolher Lucro Real quer dizer, sim, ter uma área financeira profissionalizada. Vamos falar sobre os principais pontos do Regime de Apuração de Impostos e Contribuições.   O QUE É São modelos adotados para apuração e recolhimento de impostos e contribuições e que todas as empresas e pessoas físicas estão sujeitas. O regime é adotado de acordo com perfil de cada empreendimento e são levados em consideração fatores como: capacidade de geração de faturamento, número de funcionários, estrutura e atividade.
PARCERIAS DE SUCESSO

PARCERIAS DE SUCESSO

Pequenas empresas brasileiras têm um ambiente que propicia um crescimento sustentável, desde que os gestores tenham disciplina para conduzir os negócios como “gente grande” e saibam se beneficiar das parcerias que são oferecidas com valores mais acessíveis. Uma dessas parcerias de sucesso é com as EMPRESAS DE CONTABILIDADE, que podem contribuir com o desenvolvimento das empresas desde o momento da abertura do negócio. Estudos apontam que os primeiros profissionais que os empreendedores buscam quando querem abrir um negócio, são os profissionais da contabilidade, que podem auxiliar desde o desenho do negócio até a construção de indicadores de desempenho e acompanhamentos periódicos de resultados. Por estarem constantemente atualizados em relação à legislação e a muitas regras de mercado relacionadas à atividade da empresa, profissionais de contabilidade, podem contribuir com indicações de investimentos, ensinarem quanto ao uso de ferramentas próprias de gestão, regras gerais de relações trabalhistas que vão além de processamento de folha de pagamento e apuração de encargos sociais. A dica aqui é que se saiba com atenção todos os serviços que são oferecidos pela empresa de gestão contábil e fiscal, principalmente os que são oferecidos além do cumprimento da legalidade fiscal. Os investimentos nesses serviços podem promover excelentes resultados a médios e longos prazos, inclusive com economia de contratações de consultorias posteriores, porque a casa se mantem arrumada desde a abertura. Outras parcerias interessantes são com as empresas de tecnologia, cada vez mais atentas ao crescimento de pequenas empresas e interessadas no ecossistema que fazem parte. Estas empresas oferecem soluções simplificadas, muito próximas de customização, de fácil entendimento para todos os envolvidos na operação e que contribuem cuidando de tarefas repetitivas e processamento de dados que vão se acumulando com o tempo, facilitando a perda de informações importantes para gestão e acompanhamento da evolução do negócio.
COMO MULTIPLICAR RESULTADOS POSITIVOS DE PEQUENAS EMPRESAS
COMO MULTIPLICAR RESULTADOS POSITIVOS DE PEQUENAS EMPRESAS Eis um desafio da maioria das empresas do País neste momento de incertezas políticas e econômicas. O objetivo deste conteúdo não é oferecer fórmula mágica e sim chamar atenção para soluções que já estão dentro de casa e talvez não sejam percebidas. A solução começa pelo modo de pensar dos empresários responsáveis por estes negócios. Um novo olhar para as micros e pequenas empresas se faz necessário para alavancar negócios que estejam estagnados ou começar novos negócios caminhando sempre para frente e não com tantos entraves. À medida que os empresários se conscientizam que somos todos responsáveis pelo desenvolvimento de nossos negócios, passamos a olhar mais para dentro da nossa casa e exigir que os prestadores de serviços também melhorem suas atuações conosco e isso inclui o Fisco. Uma vez compreendido isso, deixamos a zona da reclamação e partimos para soluções efetivas que começam no controle de nossos negócios e vão até cobranças de soluções mais eficientes e gestão dos impostos mais transparentes.
o que é empresa?

O que é empresa?

  Uma das definições trazidas por dicionários diz que se trata de organização econômica, civil ou comercial, constituída para explorar um ramo de negócio e oferecer ao mercado bens ou serviços. É uma definição bem explicada, mas na prática, o que isso quer dizer de verdade? Significa dizer que um grupo de pessoas reúnem-se para entregar um produto no qual acreditam, para outras pessoas que acreditam que este produto, de fato, resolve uma necessidade sua. Estrutura física maquina e equipamentos fazem parte do conjunto chamados empresa, mas sua definição manifesta-se mais pela forma como faz e entrega os produtos a seus consumidores. Por exemplo, quando compramos um lanche numa lanchonete e recebemos os acompanhamentos como catchup e mostarda que não sejam das marcas que reconhecemos como as melhores, logo podemos pensar sobre a qualidade do hambúrguer, do pão e até de quem montou o lanche. Para alguns, a qualidade de todos os ingredientes é primordial para garantir o sabor. E isso representa a atitude da empresa quando faz uma oferta dessas. Ou seja, diz sobre quem faz a empresa, como ela opera. É claro que para alguns consumidores, não importa a qualidade dos produtos oferecidos e sim o preço que irão pagar. Neste caso, as mensagens da empresa também falarão sobre sua forma de entrega. [video width="870" height="488" mp4="https://filadelfiacontabilidade.com.br/wp-content/uploads/2019/07/Empresa-2.mp4"][/video]
IDENTIFICANDO TALENTOS – MULTIPLICANDO RESULTADOS
IDENTIFICANDO TALENTOS – MULTIPLICANDO RESULTADOS Pequenos negócios nascem, na grande maioria das vezes, da associação de duas pessoas dispostas a assumir riscos e cuidar do novo empreendimento e, às vezes, de mais pessoas com vontade de ajudar nos projetos. Há inúmeros casos que o empreendedor começa sozinho como MEI – Microempreendedor Individual, como Firma Individual (Empresário) ou como Eireli – Empresa Individual de Responsabilidade Limitada. O fato é que no início, há poucos envolvidos. Autoconhecimento é requisito muito importante para que todo empreendedor entenda como atua um líder, trabalhando sozinho e como lida com equipes. Detalhes como saber a melhor hora do dia para atuação ajudam bastante na gestão de todos os negócios. Sabendo em que hora do dia tem melhor rendimento, empresários podem reservar para este período as decisões ou ações mais importantes para o negócio todos os dias. Além disso, tem as questões financeiras que precisam ser levadas a sério e, é claro, os empresários levam para a cultura da empresa, o comportamento que está acostumado, em seu dia a dia. E pensar e ter estratégias são fundamentais para qualquer negócio. Sabendo onde está e para onde pretende ir, fica mais simples desenhar rotas e corrigir o rumo se as coisas não estiverem acontecendo como planejado.
PESSOAS-O MAIOR ATIVO DE MICROS E PEQUENAS EMPRESAS
PESSOAS – O MAIOR ATIVO DE MICROS E PEQUENAS EMPRESAS Micros e pequenas empresas são as maiores provedoras de vagas de trabalho no Brasil. Responsáveis por mais de 95% das vagas, também são excelentes celeiros de talentos profissionais. No ambiente menos burocrático, as pessoas tem maior liberdade de aprendizado e podem contribuir mais com ideias que agregam valor a todos. Este ambiente favorável ainda encontra desafios como a rigidez da CLT – Consolidação das Leis do Trabalho e as várias confusões com sindicatos de categorias, que pouco ajudam e tem custos altos tanto para trabalhadores como para empregadores. Mas, isso é assunto para outra publicação. Dados do CAGED – Cadastro Geral de Admitidos e Demitidos referentes ao mês de maio de 2019 apontam que foram criadas no Brasil 1.453.284 novas vagas de trabalho. Por outro lado, foram demitidos 1.280.145 colaboradores. O saldo positivo de 173.139 não esconde o numero alto de demissões. Alguns motivos que levam a muitas demissões são:
  • Comportamento pessoal inadequado
  • Alto custo com encargos sociais
  • Condições financeiras dos empregadores por causa do mercado em geral
  • Falta de qualificação técnica
COMO MICROS E PEQUENAS EMPRESAS PODEM FAZER FAXINA FINANCEIRA PARA MELHORAR O DESEMPENHO E OS RESULTADOS
COMO MICROS E PEQUENAS EMPRESAS PODEM FAZER FAXINA FINANCEIRA PARA MELHORAR O DESEMPENHO E OS RESULTADOS. Discutir sobre finanças não é tema dos mais fáceis para todas as pessoas. Muitos vão reclamar dos juros abusivos de cartões e financeiras, falar da alta carga tributária do País, do custo Brasil que assusta até investidores internacionais, enfim, são motivos que não acabam mais para reclamar e justificar o baixo desempenho, pouca lucratividade e alto endividamento. Conversando com a educadora financeira AMANDA MEDEIROS, sobre educação e comportamento financeiro de pessoas físicas, falamos sobre faxina financeira. Um termo adotado por ela para instruir seus clientes a arrumarem a casa. Pegando carona no tema, vamos refletir sobre os motivos primários que podem levar as empresas a terem problemas financeiros:
  • Comportamento pessoal dos responsáveis. Crenças pessoais sobre dinheiro e prosperidade impactam diretamente nos negócios;
  • Falta ou erro de estratégia;
  • Falta de orçamento para o fluxo do negócio ou de produção;
  • Precificação errada, feita com falta de critérios;
  • Falta de indicadores financeiros que mostrem mais que o faturamento do mês e saldo bancário.
  • Falta de controle de custos operacionais
  • Confusão patrimonial – sabe aquela historia dos sócios pagarem as contas pessoais nas contas da empresa e vice-versa? Pois é. Além de ser ponto de alerta para o fisco, é um grande causador de confusão que esconde os resultados da empresa e os sócios não vem quanto de verdade o negocio está dando de resultados.
Open chat