IDENTIFICANDO TALENTOS – MULTIPLICANDO RESULTADOS

26 jun IDENTIFICANDO TALENTOS – MULTIPLICANDO RESULTADOS

IDENTIFICANDO TALENTOS – MULTIPLICANDO RESULTADOS

Pequenos negócios nascem, na grande maioria das vezes, da associação de duas pessoas dispostas a assumir riscos e cuidar do novo empreendimento e, às vezes, de mais pessoas com vontade de ajudar nos projetos. Há inúmeros casos que o empreendedor começa sozinho como MEI – Microempreendedor Individual, como Firma Individual (Empresário) ou como Eireli – Empresa Individual de Responsabilidade Limitada. O fato é que no início, há poucos envolvidos.

Autoconhecimento é requisito muito importante para que todo empreendedor entenda como atua um líder, trabalhando sozinho e como lida com equipes. Detalhes como saber a melhor hora do dia para atuação ajudam bastante na gestão de todos os negócios. Sabendo em que hora do dia tem melhor rendimento, empresários podem reservar para este período as decisões ou ações mais importantes para o negócio todos os dias.

Além disso, tem as questões financeiras que precisam ser levadas a sério e, é claro, os empresários levam para a cultura da empresa, o comportamento que está acostumado, em seu dia a dia. E pensar e ter estratégias são fundamentais para qualquer negócio. Sabendo onde está e para onde pretende ir, fica mais simples desenhar rotas e corrigir o rumo se as coisas não estiverem acontecendo como planejado.

Liderar com assertividade – esta é uma das ações mais importantes de qualquer empresário que pretenda levar seus negócios para números surpreendentemente satisfatórios para todos. Saber como engajar a equipe, como se fazer presente, como reconhecer os esforços de todos, tudo isso faz parte de um tempero que pode melhorar a saúde de pequenos negócios, além de reter talentos que podem se multiplicar. Com esta ação, muitos se desenvolvem e se qualificam profissionalmente falando, além de evitar prejuízos financeiros com demissões.

Delegar não é o mesmo que “delargar” – há uma diferença entre confiar uma tarefa importante a um colaborador e dar-lhe a possibilidade de resolver sem precisar ser cobrado e simplesmente jogar uma demanda à qual o colaborador não está familiarizado e esperar que seja resolvido da melhor forma.

É claro que no dia a dia isso pode acontecer vez ou outra, mas não pode ser via de regra e deve ser identificado para correção imediata. É preciso que todos tenham disposição para corrigir o que seja necessário para que o comportamento deixe de existir, assim todos saem ganhando tanto em resultados financeiros como em desenvolvimento profissional.

Iniciei o texto falando de autoconhecimento e identificação dos próprios talentos. Além disso, é necessário identificar os talentos da empresa. É necessário reconhecer habilidades pessoais e comportamentos que contribuem ou atrapalham o ambiente de trabalho. Pessoas certas nos lugares certos melhoram os resultados de equipe. Ter valores alinhados, transparência em todas as operações e reconhecimento de que é saudável caminhar reconhecendo talentos e melhorando resultados período a período. Isso sim faz diferença na vida das pessoas que compram nossos produtos e das pessoas que cuidam desses produtos.

Não se trata apenas de benefícios trabalhistas, trata-se sim, de relacionamento verdadeiro entre todos capazes de evitar que problemas como absenteísmo, clima de trabalho ruim e outras “pragas” que costumem atrapalhar o desenvolvimento de pequenos negócios, cresçam como ervas daninha.

É preciso reconhecer que se dividindo resultados, todos ganham muito mais. Todos evoluem juntos. Mais pessoas são impactadas e há maior geração de valor para todos.

Simoni Luduvice empresaria Contábil e Coach. Estrategista e pesquisadora de temas que agreguem ao crescimento de pequenas empresas e seus players.

 

Gostou desse post?
deixe seu link

Nenhum comentário

Postar um comentário

Recomendado só para você
PESSOAS – O MAIOR ATIVO DE MICROS E PEQUENAS EMPRESAS…
Cresta Posts Box by CP
Open chat