COMETA ERROS, FAÇA ESTE FAVOR A HUMANIDADE

11 ago COMETA ERROS, FAÇA ESTE FAVOR A HUMANIDADE

Imagine o que os empreendedores americanos não são criticados e nem sofrem preconceitos quando erram. O resultado disto pode ser visto na economia americana que é uma das maiores do mundo.

Já no Brasil, existiu por muito tempo o preconceito sobre empreendedores que quebram e crenças limitantes de que as operações só podem dar certo.

Os erros são excelentes professores. E, só erra quem fez alguma coisa, o que já é bem mais do que a maioria dos críticos de plantão fazem.

Muitas vezes matam-se boas ideias com medo de errar, de perder dinheiro e da opinião dos outros.

Se errar rápido a pessoa tem a oportunidade de corrigir rápido e seguir em frente.

Se perder dinheiro porque tentou, pode corrigir e ganhar mais depois. E o dinheiro que se perde a médio e longo prazo porque não se implantam novas formas de fazer “o que sempre foi assim” e que muitas vezes não é nem contabilizado?

As plateias existirão em qualquer situação da vida. Todos nós em algum momento, ou somos plateia ou somos jogadores. Quando se trata dos nossos empreendimentos, somos protagonistas e devemos lembrar que o jogo acontece no campo e não na plateia. Todos poderão ficar muito felizes ou tristes com os resultados, mas nós seremos os responsáveis e quem mais terá aprendido independentemente dos resultados.

Portanto, a ideia é:

ERRE RAPIDO!

ERRE BARATO!

ERRE UMA VEZ!

Errar uma vez significa corrigir rápido para o próximo jogo e ficar aberto para cometer outros erros e não os mesmos que já foram antes.

Errar faz parte do processo de melhoria contínua e faz parte da natureza da vida. Quando uma criança aprende a andar, levará alguns tombos até entender que consegue equilibra-se sobre as próprias pernas e então, sai correndo sem cair. E aí ela cometerá novos erros, em outras áreas, mas andar, ninguém precisa mais ensinar.

É assim com as pessoas, é assim com empresas, é assim com negócios. E estarmos preparados para “cair, sacudir a poeira e dar a volta por cima” faz parte do exercício de todos empreendedores ou empresários. Mas é isso um dos fatores que diferencia quem se arrisca a errar de quem não faz nada para achar novas soluções.

Sendo os erros bons professores, cabe a nós tirar as melhores lições e fazer dos resultados, o remédio que cura as feridas da queda e nos leva a outros desafios que nos levem além.

 

Nenhum comentário

Postar um comentário

Recomendado só para você
Os novos negócios já estão nascendo com algumas características que…
Cresta Posts Box by CP
Open chat