Atenção: Empresas podem ter desafios pesados no período de virada de ano

Global Epidemics And Economic Impact - Filadélfia Contabilidade

11 nov Atenção: Empresas podem ter desafios pesados no período de virada de ano

É novembro de 2020 e a Europa já está vivenciando o que estão chamando de 2ª  Onda da covid19. Embora a seriedade dos cuidados e das regras para diminuir a velocidade de contágio, ainda não encontraram outra saída, senão decreto de lockdown, paralisando novamente a maioria das atividades comerciais.

Waiter Wearing Protective Face Mask While Disinfecting Tables At Outdoor Cafe. - Filadélfia Contabilidade

No Brasil, especialistas dizem que não saímos nem da primeira onda ainda embora na maioria das cidades do País, as atividades comerciais já estejam todas liberadas. Os cuidados básicos com higiene estão sendo observados pela grande maioria das pessoas. O ponto de alerta neste momento são as Pessoas Jurídicas.

Quando do início da pandemia, o Governo flexibilizou regras trabalhistas, além de liberar dinheiro para capital de giro para micros e pequenas empresas. Muitas empresas se beneficiaram das flexibilizações e, claro, do dinheiro disponibilizado com juros mais baixos. O fato é que a partir de agora, iniciam-se os períodos sem tantos benefícios e com as contas de ano novo que chegarão normalmente.

Istockphoto 1221364691 170667a - Filadélfia Contabilidade

 

É possível que as empresas tenham desafios financeiros para honrar seus pagamentos no início de 2021. Para prevenção, vamos analisar alguns pontos importantes e analisar que ações podem ser tomadas para minimizar os impactos para todos:

Pontos de atenção que precedem o inicio de 2021

  • Fim das flexibilizações oferecidas pelo Governo para as relações trabalhistas
  • Volta do custo integral de folha de pagamento a partir de janeiro
  • Alta da inflação
  • Alta do dólar
  • Possível queda nas vendas por comportamento do consumidor
  • Possibilidade de alterações nas regras do comercio em função de nova onda de aumento de mortes por covid19
  • Custos já previstos para o início de cada ano que não tem mudanças

Estes são pontos de atenção que podem impactar fortemente as operações das empresas, principalmente as menores e com menos folego financeiro. Entender os cenários internos e externos e como tudo isso pode influenciar, ajuda em muito, a prevenir danos maiores.

O que fazer para se prevenir?

Istockphoto 1220174622 170667a - Filadélfia Contabilidade

 

  • ANALISE SWOT (ou a popularmente conhecida como FoFa – Forças, Fraquezas, Oportunidades e Ameaças). Esta ferramenta permite analisar com realidade as forças e fraquezas da empresa e que, portanto, são de responsabilidade de gestores que podem tomar medidas de mudanças ou de prevenção para se fortalecer. As oportunidades dependem de fatores externos, inerentes à vontade dos gestores e que podem influenciar positivamente as operações. Exemplo: aumento de consumo por comercio eletrônico. As ameaças também são derivadas de fatores externos e atingirão a empresa a partir de suas fraquezas. Exemplo: fechamento de fronteiras, aumento do dólar, etc.

Além da análise Swot que pode ser aplicada juntamente com outras ferramentas de análise e com aconselhamento dos profissionais de contabilidade que cuidam das escriturações que mostram a saúde da empresa, outras ações urgentes precisam ser observadas:

  • Fluxo de caixa – previsão mínima de 3 meses e atualização constante para manter as informações atualizadas
  • Indicadores de resultados – analise de resultados do mês e previsão para os próximos meses
  • Analisar DRE – Demonstrativo de Resultados do Exercício – ferramenta riquíssima para analisar origem e aplicação de recursos da empresa.
  • Impactos do custo de folha de pagamento e relações trabalhistas em relação a:
  • Retorno ao horário de trabalho anterior
  • Retorno dos profissionais que tiveram contratos suspensos
  • Custo atualizado de folha e encargos
  • Analise de produção atual
  • Senso de realismo em relação aos gastos com confraternizações. O conselho aqui é usar a criatividade e não se deixar levar pelo vírus do “nós merecemos” para extrapolar nos gastos de fechamento de ano.
  • Fazer reservas financeiras – esta não é apenas uma ação para prevenção de crises que podem acontecer novamente, mas sim, um habito a ser desenvolvido para todas as situações, sejam otimistas ou não.

 

Por fim, independente de crises financeiras ou pandemias que podem tirar a todos da zona de conforto, temos consciência de que as pessoas mudaram, o consumo mudou, a tecnologia e inteligência artificial estão ai e acessíveis a todos, desde os mais simples, como se viu na distribuição do auxílio emergencial e o Pix, até os mais antenados.

Embora tantas novidades, o conselho ainda é olhar para dentro de casa e analisar o que é útil e o que deve ser descontinuado. Gastar bem menos do que se faz dinheiro, conselho da Vovó que faz bem a todo mundo ainda hoje.

Istockphoto 1207973809 170667a - Filadélfia Contabilidade

 

Nenhum comentário

Postar um comentário

Recomendado só para você
Uma boa gestão fiscal pode representar um maior faturamento a…
Cresta Posts Box by CP
Open chat